Causas da candidíase

casal na cama

Muita gente já ouviu falar sobre candidíase, e a assemelha na hora a uma doença sexualmente transmissível e ligada inteiramente ao sexo feminino. Na verdade, nenhuma dessas suposições está correta.

Mesmo que a candidíase se apresente muito mais nas mulheres – quase 75% de todas elas vão ter essa infecção uma vez na vida – e ela esteja ligada com o sexo sem proteção, tanto homens podem ter a doença quanto outras causas existem.

Por isso resolvemos mostrar aqui hoje as principais causas da candidíase, e acabar com esses mitos que rondam o assunto, fazendo com que seja muito mais fácil de diagnostica-lo.

O que é a candidíase?

A candidíase é uma infecção causa por um fungo da família Cândida, que mesmo presente em nosso organismo, no intestino, de uma maneira pacifica, quanto reproduzido várias vezes causa um descontrole interno.

Essa infecção pode acontecer em diversas partes do corpo, sendo a mais comum a região genital, mas também aparece na boca, esôfago, pele e outros órgãos.

Por mais comum e frequente que ela seja, é preciso conhecer e seguir o tratamento correto, já que se a candidíase for mal curada, ela pode ficar invasiva e gerar repetições anuais frequentes para os pacientes.

Conheça as causas da candidíase

mulher com a calça aberta

Um fato importante é que a candidíase apenas se apresenta quando o nosso sistema imunológico está enfraquecido, por isso é preciso cuidar bem da saúde para que as questões abaixo não te façam ter a infecção.

  • Uma dieta de alto teor de açúcar

Organismos como Cândida albicans precisam de compostos orgânicos baseados em carbono para fornecer energia. Na prática, isso significa açúcares como glicose, frutose e sacarose.

Eles usam essa energia para crescer e construir suas paredes celulares, que são constituídas por 80% de carboidratos. A Cândida também usa açúcar para mudar sua forma patogênica e fúngica e para construir os biofilmes que o protegem do seu sistema imunológico.

No entanto, uma dieta rica em açúcar funciona para deprimir seu sistema imunológico, deixando-o vulnerável e permitindo que o fermento de Cândida prolifere.

  • Antibióticos

Talvez esse seja o culpado mais comum para um crescimento excessivo de candidíase.

Um tratamento com antibióticos provavelmente matará as bactérias nocivas para as quais é prescrito, mas também destrói muitas bactérias benéficas e amigáveis ​​que vivem em seu intestino.

Este exército de bactérias desempenha um papel de vital importância em seu sistema imunológico, que pode deixar o seu corpo indefenso para bactérias e fungos nocivos, como o fungo rápido de Cândida que pode dominar rapidamente o intestino.

Claro que há momentos em que você realmente precisa daquela receita de antibióticos, mas a verdade é que os médicos prescrevem por muitos problemas de saúde desnecessariamente, como o resfriado comum ou a dor de garganta.

Certifique-se de que não haja nenhum tratamento alternativo para sua condição e, se você deve tomar antibióticos, certifique-se de tomar um bom suplemento probiótico durante e após o tratamento para reabastecer sua população de bactérias saudáveis.

  • Estresse crônico

Uma das primeiras reações de seu corpo a uma situação estressante é liberar cortisol, um hormônio que deprime seu sistema imunológico e eleva seu nível de açúcar no sangue.

O fermento Cândida alimenta o açúcar extra, enquanto seu sistema imune enfraquecido é impotente para detê-lo, assim o estresse dá-lhe a chance de dominar a flora intestinal existente no seu intestino delgado.

Estudos demonstraram que o estresse psicológico pode mudar rapidamente os padrões de colonização de micro-organismos no intestino.

  • Pílula anticonceptiva

Os intestinos são órgãos delicados, contendo uma ampla mistura de micro-organismos e leveduras que ajudam a processar e digerir os alimentos.

Ao perturbar esse equilíbrio, a pílula anticoncepcional abre a porta para que Cândida mais uma vez supera seus concorrentes no intestino. O estrogênio, principal ingrediente da pílula anticoncepcional, é conhecido por promover o crescimento de fermento.

  • Diabetes

O primeiro motivo é que os diabéticos têm altos níveis de açúcar no sangue que alimentam as células de levedura de Cândida. Isto é devido a uma falta de produção de insulina no corpo ou porque o corpo não está reagindo à insulina como deveria.

O segundo motivo é o sistema imunológico enfraquecido que é um dos sintomas da diabetes, e isso permite que as células de levedura de Cândida se multipliquem e se transformem em sua forma patogênica fúngica, a candidíase.

Esses são algumas das causas mais comuns de candidíase, juntamente com sexo sem proteção, roupas muito apertadas e molhadas e a falta de higiene na área. Por isso certifique-se de conversar com seu médico sobre qualquer anormalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *