Candidíase pode ser transmitida? Como?

mulher olhando para cima

Muitas dúvidas surgem entre as mulheres sobre como a candidíase pode ser transmitida, e ter o conhecimento das causas, sintomas, prevenções e tratamentos pode ser algo extremamente importante para não ter que passar por essa doença desagradável.

Primeiramente, é necessário entender que a candidíase é uma infecção que ocorre através do fungo conhecido como Candida Albican, o qual já se encontra no corpo humano e fica transitando pelo organismo. Dessa forma, a doença aparece quando o fungo se manifesta, ocorrendo um aumento da sua população.

Por isso, para entender melhor como a candidíase pode ser transmitida, é necessário também conhecer a maneira como o fungo se manifesta no corpo. Mas, de uma maneira geral, ele costuma manifestar em pessoas que apresentam o sistema imunológico mais comprometido.

Saiba como pode-se pegar candidíase e quais as formas de transmissão da doença

Geralmente, a candidíase pode ser transmitida através de qualquer meio de contato com a parte da pele que está lesionada ou com o aumento da população do fungo Candida Albicans, além do contato direto com as secreções da pele. Confira abaixo as formas mais comuns de transmissão da candidíase!

  • Apesar de não ser uma doença sexualmente transmissível, quando a mulher possui uma vida sexual ativa sem proteção, a doença pode ser transmitida, pois o homem também pode apresentar a doença, e com isso a mulher pode acabar se contagiando.
  • Ainda em relação ao contato sexual, seja a penetração vaginal, oral é até mesmo anal, é possível existir a transmissão da candidíase, onde a única forma de prevenção é evitar o contato direto com a pele e as mucosas da pessoa com a doença, ou realizar o uso de preservativos.
  • A candidíase pode ainda ser transmitida por meio do compartilhamento de alguns objetos que deveriam ser de uso individual, como toalhas de banho, escova de dente, calcinhas, e até mesmo lâmina de barbear.

Geralmente, quando tais objetos são compartilhados entre os indivíduos, eles acabam sendo uma das principais formas de se pegar a candidíase, e para a prevenção é importante evitar ao máximo compartilhar todos os seus objetos pessoais para não contrair a doença.

Transmissão da candidíase

A transmissão da candidíase ocorre então por meio do contato com as secreções provenientes da vagina, da boca e da pele, e já no caso dos homens, podem aparecer diversas manchas vermelhas por toda a pele. Além disso, pode ocorrer ainda a transmissão da mãe para o bebê no momento do parto.

Além disso, um dos principais fatores que desencadeiam a candidíase é o uso de antibióticos e de medicamentos que podem diminuir as defesas do organismo, além também da obesidade, do uso de roupas muito apertadas, falta de higiene, calor, estresse e umidade.

É importante lembrar ainda, segundo os médicos, que a candidíase também ocorre com o aumento da presença da Candida Albicans devido aos tratamentos mal finalizados com os medicamentos, sejam por razões como preferências ou custo alto, alergias ao medicamento, entre outros motivos.

Assim, é extremamente importante sempre buscar por métodos que sejam realmente eficazes como forma efetiva para o tratamento, além de tomar algumas atitudes preventivas para não contrair a doença.

Por isso, para o tratamento da candidíase, primeiramente é necessário descobrir quais são as principais causas para combater e evitar que a doença ocorra, e o mais recomendado, segundo os médicos, é a utilização de medicamentos locais e sistêmicos via oral.

Prevenir a candidíase

Já em relação a prevenção da candidíase, para se prevenir contra esta doença a melhor atitude a se tomar é sempre manter o fortalecimento do seu sistema imunológico, e isso pode ser realizado com uma boa alimentação e a prática regular de exercícios físicos.

Além disso, é extremamente importante sempre se alimentar bem e ter uma vida saudável, além de procurar ter uma boa higiene íntima, evitar beber bebidas alcoólicas, não fumar, entre muitos outros comportamentos que acabam levando a contração dessa doença.

Portanto, pode-se notar que existem inúmeras formas de como a candidíase pode ser transmitida, e para que você não seja surpreendido com essa doença desagradável vale a pena tomar todos os cuidados de prevenção recomendados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *